PT e PL se enfrentarão em seis dos dez maiores eleitorados de MG
17/06/2024 12:56 em MINAS

 

Dois anos depois da acirrada disputa pela Presidência da República, o atual ocupante do cargo, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), e seu antecessor, Jair Bolsonaro (PL), vão voltar a se encontrar nas urnas. Desta vez, não diretamente, mas via candidatos de seus partidos em seis dos dez maiores colégios eleitorais de Minas Gerais, uma disputa que envolve 3,9 milhões de votos, segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O prazo para confirmação dos candidatos nas eleições municipais de 2024 vai de 20 de julho a 5 de agosto, período definido pelo TSE para a realização das convenções partidárias. Considerando os pré-candidatos a prefeitos anunciados até o momento, as duas legendas que hoje representam a maior polarização política do país, juntamente de outras siglas, competirão uma contra a outra em Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora, Montes Claros e Ipatinga.

As seis cidades são, respectivamente, o primeiro, segundo, terceiro, quarto, sexto e décimo colégios eleitorais do Estado. Nas outras quatro – Betim, Uberaba, Ribeirão das Neves e Governador Valadares –, PT e PL não se enfrentarão, por um ou outro não ter, ao menos até o momento, pré-candidato local. Juntas, as dez cidades somam cerca de 4,8 milhões de eleitores.

Das seis cidades em que PT e PL se enfrentarão, as duas legendas estão atualmente no poder em três. Em Juiz de Fora (Zona da Mata), Margarida Salomão (PT) vai disputar a reeleição tendo entre os opositores o PL, que lançou o ex-deputado federal Charlles Evangelista como pré-candidato.

Marília Campos (PT), prefeita de Contagem (região metropolitana de Belo Horizonte), também vai tentar se reeleger tendo como um dos adversários o nome lançado pelo PL, o deputado federal Cabo Junio Amaral. A situação se inverte em Ipatinga (Vale do Aço), onde o prefeito Gustavo Nunes (PL) vai tentar o segundo mandato tendo como opositora Lene Teixeira (PT).

Na capital, comandada por Fuad Noman (PSD), que tentará a reeleição, o cenário de momento tem o deputado federal Rogério Correia como o nome do PT, enquanto o PL aposta no deputado estadual Bruno Engler.

Em Uberlândia (Triângulo), em seu segundo mandato, Odelmo Leão (PP) é o chefe do Executivo municipal e apoiará seu vice, Paulo Sérgio (PP), na disputa. Espelhando a polarização nacional no município, o PL tem como pré-candidato o deputado estadual Cristiano Caporezzo, enquanto o PT terá a deputada federal Dandara Tonantzin.

Já Montes Claros (Norte de Minas) é governada por Humberto Souto (Cidadania), de 90 anos, que ainda não decidiu se vai tentar a reeleição. O PL lançou a pré-candidatura de Maurício da Santa Casa. Já o PT tem como pré-candidato o deputado federal Paulo Guedes.

Pelo menos 19 das 29 siglas estão na disputa

As eleições nos dez maiores colégios eleitorais de Minas Gerais atraíram a participação de 19 dos 29 partidos registrados no TSE até o momento. O PT é o que aparece com concorrentes no maior número de cidades nesse grupo. A legenda tem pré-candidatos em oito dos dez municípios: Belo Horizonte, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora, Montes Claros, Ribeirão das Neves, Governador Valadares e Ipatinga. Já o PL confirmou pré-candidaturas em pelo menos sete: BH, Uberlândia, Contagem, Juiz de Fora, Montes Claros Ipatinga e Uberaba.

O Novo, partido do governador Romeu Zema, lançou nomes em três: Belo Horizonte, Juiz de Fora e Ipatinga. O PSDB, que já governou Minas Gerais quatro vezes, tem pré-candidatos em duas cidades: Belo Horizonte e Uberlândia. No entanto, negociações entre os partidos em todos os municípios podem reduzir o número de candidatos, com algumas legendas atraindo outras para composições.

Belo Horizonte é a cidade com maior número de candidatos. Doze legendas colocaram nomes para a disputa na capital: PSD, PDT, PT, MDB, Novo, PSDB, PL, Podemos, Republicanos, PSOL, Rede e PSB. Nas negociações entre as legendas, MDB e PSB anunciaram a formação de chapa conjunta em 7 de junho.
Juiz de Fora e Ipatinga estão em segundo, empatadas até o momento com oito pré-candidatos cada. Montes Claros fecha o pódio com seis pré-candidatos.

Confira os dez municípios de Minas com maiores eleitorados, segundo TSE

Belo Horizonte - 2.006.854 eleitores
Uberlândia - 514.513
Contagem - 452.185
Juiz de Fora - 418.213
Betim - 290.957
Montes Claros - 287.668
Uberaba - 233.247
Ribeirão das Neves - 223.935
Governador Valadares - 215.631
Ipatinga - 179.843

 

Fonte: Jornal O Tempo

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!